Chamada para artigos na revista eLyra: “Poesia perante regimes e normas actuais”

A revista eLyra, revista da rede internacional LyraCompoetics, convoca à participação de artigos para o monográfico especial de eLyra, que faz parte do projeto de investigação “Poesia atual e política: Análise das relações contemporâneas entre produção cultural e contexto sociopolítico (POEPOLIT)” (FFI2016-77584-P). Este projeto pretende estudar o caráter político de expressões poéticas atuais no Ocidente. A partir de análises textuais e de fenómenos intermediais, quer-se discutir se uma poesia esteticamente complexa tem menos possibilidades de exercer uma influência política do que uma poesia mais popular; se a poesia e os poetas deveriam ser mais amplamente reconhecidas/os como agentes portadores e potenciais conformadores de uma visão ou epistemologia especial; qual é a sua influência sobre a sociedade e, em caso afirmativo, se a sociedade reconhece essa influência; ou quais seriam as consequências ou os riscos implícitos para uma poesia que se assume como apolítica ou ‘separada’ da sociedade; como se podem expandir os atuais horizontes do político através de novas linguagens poéticas e analíticas; entre outros aspetos.

Neste sentido, a revista eLyra solicita o envio de análises de fenómenos poéticos da atualidade provenientes de diferentes âmbitos culturais (hispanoamericano, lusófono e ibérico em geral, francófono, germanófono ou anglófono). Interessam aqui, as práticas de mediação poética e a sua incidência política; as práticas verbais de intervenção política, particularmente nos repertórios de protesto dos movimentos sociais contemporâneos; a relação entre poesia e política a partir da noção e figura autoral; ou a relação entre poesia e política na cidade neoliberal.

No marco da investigação em poesia contemporânea, é usual encontrar posturas diversas sobre a relação que se estabelece entre a poesia e os regimes identitários, estéticos, políticos ou ideológicos. Indo para além de qualquer aproximação textualista, seja concebendo a poesia como exemplo da produção cultural contemporânea, seja como bastião de resistência ante ideias e práticas que buscam homogeneizar as experiências de vida, acredita-se ser essencial visualizar as formas de poesia ou as expressões poéticas em contacto com o social.

É evidente que poesia e política não têm tido uma relação estável e muito menos foram um par dicotómico. Daí o interesse da revista em trabalhos que atualizem o que ocorre nesses espaços de constante ação, atendendo a toda a sua complexidade. Para esta convocatória de artigos para o monográfico especial de eLyra, editado por Alethia Alfonso (Universidad Iberoamericana, México), Burghard Baltrusch (Universidade de Vigo), Alba Cid y Cristina Tamames (Universidade de Santiago de Compostela), privilegiar-se-à propostas inéditas e originais que contribuam para a exploração das relações enunciadas acima.

A proposta para artigos compreende, sem excluir outras temáticas:

  • Poesia contemporânea e a sua relação com regimes políticos, ideológicos e estéticos.
  • Poesia contemporânea e identidade pessoal, social, nacional, cultural, religiosa, sexual ou política.
  • Poesia contemporânea e direitos humanos, perspetivas de género.
  • Poesia contemporânea e a sua relação com a homogeneização da vida quotidiana.
  • Poesia contemporânea e sinergias: comunidades, o mundo do trabalho, relações de inclusão/exclusão.
  • Poesia contemporânea e espacialidade: periferia e centro, subalternidade e hegemonia, modernidades globais e transatlânticas, mobilidade, migrações e sujeitos migrantes, refugiados, exílios.
  • Poesia contemporânea e história recente: literaturas sem estado, discursos decoloniais.
  • Poesia contemporânea e ética do compromisso: a figura autoral, l’engagement.

Os artigos, que poderão ser redigidos em língua castelhana, galega, inglesa ou portuguesa, deverão ter uma extensão e um formato de acordo com as normas editoriais da revista: http://www.elyra.org/index.php/elyra/about/submissions#authorGuidelines.

As propostas podem ser enviadas a revistaelyra@gmail.com

Prazos: 

  • Data limite para envio: 15 de abril de 2018 

Contactos (comité editorial do número):  

Ligação para outras línguas: