Gilles Lipovetsky e a demanda da leveza

Gilles Lipovetsky tem desenvolvido algumas das reflexões mais importantes sobre a pós-modernidade e o hiperconsumismo. Lê-lo, é aceder a uma alargada visão da estética (literária desde logo), essencial até para a redimensionação dos estudos comparatistas. A partir das suas obras é possível mapear o vastíssimo corpo do “homo aesteticus”, progressivamente dominado pela globalização e consequentes fenómenos de transtextualidade e hibridização (das artes, dos discursos ou dos géneros). Ser insaciável, apesar do seu hiperconsumismo, excluindo à força de tudo incluir, este “homo aesteticus” vive, segundo Lipovetsky, no pior dos cenários possíveis para ser feliz. Isto, se exceptuarmos todos os outros…

No dia 7 de Novembro de 2015, sob os arcos do novo terminal de cruzeiros do Porto de Leixões (local que corporiza alguns dos conceitos de reflexão do projeto do Instituto de Literatura Comparada, como Fronteira, Margem, Periferia, Inclusão/Exclusão), durante um encontro com Lipovetsky organizado por Fátima Vieira, falou-se de felicidade. E de “leveza” e “ligeireza”, duas palavras portuguesas que traduzem légèreté: talvez sejam elas as duas faces deste Jano que temos de olhar quotidianamente.

Alguns obras de Gilles Lipovetsky: L’Ere du Vide (1983); L’Empire de l’Ephémère (1987); La Troisième Femme (1997); Le Luxe Eternel (2003); Les Temps Hypermodernes (2004); La Société de Déception e Le Bonheur paradoxal (ambos de 2006); L’Esthétisation du monde (2013, em coautoria com Jean Serroy); De la légèreté (2015).

Seminários do Fim do Mundo (Série III)

No próximo dia 17 de Dezembro, terá lugar pelas 18h na sala 201 da FLUP, a quarta sessão da terceira série dos Seminários do Fim do Mundo com a participação de Zulmira Santos, Pedro Sobrado e Tiago Sousa Garcia e moderação de Pedro Eiras.

série III, seminário 4

Colóquio Internacional Viagens e Outros Labirintos

PROGRAMA | Programm | PROGRAMME | PROGRAMME

 

3 de dezembro | 3. Dezember | 3rd December | 3 décembre

Sala | Raum | Room | Salle: Anfiteatro Nobre

8:30 | Secretariado | Anmeldung | Secrétariat | Opening of registration desk

9:00 | Sessão de Abertura | Eröffnung |Ouverture| Opening Session

9:30 | Conferência Plenária | Plenarvortrag | Conférence Plénière | Plenary Session
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: John Greenfield
Jochen Vogt (Univ. Duisburg-Essen) – Going down under full sail – how a labyrinth is wrecked while a murder case remains unsolved. Hans Henny Jahnns novel Das Holzschiff (1949)

Sala | Raum | Room | Salle : Anfiteatro Nobre

10:30 | Sessão A | Session A | Séance A
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Ana Paula Coutinho
Maria Manuela Delille (Univ. Coimbra) – História, Mito e Ficção na novela Don Correa de Gottfried Keller (1881)
Pedro Eiras (Univ. Porto) – O labirinto sem saída

11:20 | Pausa | Kaffeepause | Pause-Café | Coffee Break

Sala | Raum | Room | Salle: Anfiteatro Nobre

11:40 | Sessão B | Session B | Séance B
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Maria de Fátima Outeirinho
Fernando Clara (Univ. Nova de Lisboa) – Espiões, Mentiras e Livros. Literatura de viagens e (des)informa-ção nos anos 30 ou: a vida e os escritos do Dr. Manfred Zapp
Mário Matos (Univ. Minho) – Um meta-viagem com Los autonautas de la cosmopista
Maria Teresa Cortez (Univ. Aveiro) – Como seria, se…? – O motivo da viagem no tempo em Der blaue Siphon (1992) de Urs Widmer
João Veloso (Univ. Porto) – Viagens sem Literatura: As primeiras migrações das primeiras paleolínguas

13:00 | Almoço | Mittagessen | Déjeuner | Lunch

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

14:30 | Sessão C | Session C | Séance C
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Hugh Ridley
Beatrice Sandberg (Univ. Bergen) – Aufstiege und Niedergänge in der Schweizer Literatur. Bergromane abseits der Postkartenidylle
Dariusz Komorowski (Univ. Wrocław) – Matthias Zschokkes literarische Reiseberichte als Ausdruck der Jetztzeit-Relationen.
Inez Müller (Univ. Paderborn) – Reiseimpressionen zwischen Differenz und Transkulturalität in Wolfgang Büschers Ein Frühling in Jerusalem

15:40 | Pausa | Kaffeepause | Pause-Café | Coffee Break

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

16:20 | Sessão D | Session D | Séance D
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair : Maria Manuela Dessille
Orlando Grossegesse (Univ. Minho) – Travelling Feelings. Reflexões a partir de Nachtzug nach Lissabon / Night Train to Lisbon / Comboio nocturno para Lisboa
Maria de Lurdes Godinho (IPLeiria/ ILC) – Viagens vividas, (re)criadas, (re)visitadas. Desassossegos e memórias no feminino e no masculino: visões cruzadas

Cerimónia de entrega da Medalha de Ouro da Faculdade de Letras da Universidade do Porto ao Prof.º Doutor Gonçalo Vilas-Boas
 

4 de dezembro | 4. Dezember | 4th December | 4 décembre

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

9:30 | Sessão E | Session E | Séance E
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Zulmira Santos
Hugh Ridley (Univ. College Dublin) – Without frontiers? Travelling after birds: Bruno Liljefors and Emil Nolde
Maria Hermínia Laurel (Univ. Aveiro) – Les villes du voyage chez quelques écrivains (voyageurs) suisses : Ella Maillart, Anne-Marie Schwarzenbach, Nicolas Bouvier, Lorenzo Pestelli
José Domingues Almeida (Univ. Porto) – Le voyage révélateur dans la littérature de l’immigration de deuxième génération. Le cas des allers-retours interculturels d’écrivains belges d’origine marocaine et turque
Alexandra Moreira da Silva (Univ. Sorbonne Paris 3) – Mythes et survivance des images dans le théâtre contemporain

11:00 | Pausa | Kaffeepause | Pause-Café | Coffee Break

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

11:20 | Sessão F | Session F | Séance F
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Isabel Pires de Lima
Ana Paula Coutinho (Univ. Porto) – «Escrever com a luz» as migrações humanas: Sebastião Salgado, entre ética e estética
Maria de Fátima Outeirinho (Univ. Porto) – Do lugar do(s) mapa(s) na viagem e seu relato
Fátima Vieira (Univ. Porto) – Os Food Studies e as Humanidades Digitais: reflexões metodológicas
Suzan Massoumi (Univ. Porto) – New Flavours in the Book of Duarte Barbosa

12:50 | Almoço | Mittagessen | Déjeuner | Lunch

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

14:30 | Sessão G | Session G | Séance G
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Ana Luísa Amaral
Isabel Pires de Lima (Univ. Porto) – Vaivéns literários hoje: Brasil/Portugal
Maria de Fátima Gil (Univ. Coimbra / CITCEM) – Nos Passos de Magalhães de Gonçalo Cadilhe: viagem, evocação histórica e diálogo intercultural num tempo de globalização
Jorge Bastos da Silva (Univ. Porto) – Algumas Notas mais sobre Ivanhoe no Romantismo Português (em torno de Alfredo Possolo Hogan)
Ana Maria Ramalheira (Univ. Aveiro) – Sebastião, Rei de Portugal [Sebastian, König von Portugal] (1924) de Carl Weisflog: história e mito numa novela romântica “fantástica” ao gosto Biedermeier

16:00 | Pausa | Kaffeepause | Pause-Café | Coffee Break

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

16:20 | Sessão H | Session H | Séance H
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Rosa Maria Martelo
Joana Matos Frias (Univ. Porto) – Quando falo de lugares cidades países/ não são viagens: Visitações de António Franco Alexandre
Manuela Veloso (IPP Porto) – Labirintos identitários na escrita e nos desenhos de Else Lasker-Schüler
Rosa Mesquita (Univ. Porto) – O labirinto – figura de acesso à tessitura poética em Migrações do Fogo, de Manuel Gusmão
Maria António Hörster (Univ. Coimbra) – Tradutores e tradução na lírica portuguesa dos séculos XX e XXI: José Bento, Vasco Graça Moura e Armando Silva Carvalho
 

5 de dezembro | 5. Dezember | 5th December | 5 décembre

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

9:00 | Sessão I | Session I | Séance I
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Jochen Vogt
John Greenfield (Univ. Porto) – Creating a Medieval Spatial Myth: Perception of the Body on the Alischanz Battlefield
Stefan Neuhaus (Univ. Koblenz) – Vagabunden, Touristen und andere Reisende in Romanen von Felicitas Hoppe, Christian Kracht, Helmut Krausser und Juli Zeh
Jan Jambor (Univ. Prešov) – Zur intertextuellen Funktion des Titels Agnes von Peter Stamm
Peter Hanenberg (Univ. Católica Lisboa) – Von Gerechtigkeit und Frieden. Peter Handkes und Maric Bodrožić’s Reisen in die Länder des ehemaligen Jugoslawiens

10:30 | Pausa | Kaffeepause | Pause-Café | Coffee Break

Sala | Raum | Room | Salle: Sala de Reuniões

10:45 | Sessão J | Session J | Séance J
Moderador | Sitzungsleiter | Président de Séance | Chair: Mário Matos
Jorge Deserto (Univ. Porto) – A incerta viagem dos mitos e das mulheres que neles vivem
Maria Antónia Gaspar Teixeira (Univ. Porto) – Albert Vigoleis Thelen: ecos literários de um exílio em Portugal
Rogério Madeira (Univ. Coimbra) – Memória e identidade: a (re)construção da figura do militar nazi na metaficção historiográfica de Uwe Timm e de Marcel Beyer
Teresa Martins de Oliveira (Univ. Porto) – Halbschatten de Uwe Timm e Kiek in die Welt de Marga von Etzdorf

cartaz_GVB. def.

Porto de Encontro com Ana Luísa Amaral

A poetisa Ana Luísa Amaral, membro integrado do ILC e coordenadora científica do grupo de investigação Intersexualidades, é a autora em foco na 40.ª edição do Porto de Encontro, marcada para a Casa das Artes (Porto), no próximo dia 22 de Novembro, domingo, às 17 horas.

Professora associada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Ana Luísa Amaral é autora de uma obra numerosa, publicada em dez países, incluindo França, Colômbia, Itália, México e Suécia. Apesar da predominância da poesia, com duas dezenas de títulos, já publicou ainda para teatro, literatura infanto-juvenil e ficção. Das distinções já recebidas destacam-se o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio Correntes d’Escritas.

Participam ainda na sessão a professora universitária Isabel Pires de Lima e a actriz Emília Silvestre.

Criado em Novembro de 2011, o Porto de Encontro é um ciclo de conversas com escritores promovido pela Porto Editora com o apoio da Antena 1, Jornal de Notícias, Porto Canal, Arcádia e livrarias Bertrand.

A edição deste domingo conta ainda com a colaboração da Direcção Regional de Cultura do Norte.

Emily Dickinson e Luiza Neto Jorge: Quantas Faces?

Já se encontra disponível no ILC o número 12 da colecção Estudos de Literatura Comparada: Emily Dickinson e Luiza Neto Jorge: Quantas Faces? de Marinela Freitas.

Entre Emily Dickinson e Luiza Neto Jorge não há apenas um século de distância: há duas línguas, duas tradições literárias, dois contextos histórico-sociais e duas obras que divergem entre si. Ao mesmo tempo, porém, são surpreendentes as continuidades que se estabelecem entre as duas autoras quando sobre elas se faz incidir um olhar de teor aproximativo. Ambas criam um idioma desviante, que tanto suscita entusiasmo quanto incompreensão. Ambas obrigam à reformulação dos pressupostos crítico-literários tradicionais e à criação de um diferente tipo de público. Ambas – poetas vulcânicas – ameaçam o status quo literário e social com a sua torrente poética, ainda que obliquamente, no caso de Dickinson, e ciclopicamente, no caso de Neto Jorge. Revelando formas singulares de insubordinação, as obras poéticas de Emily Dickinson e de Luiza Neto Jorge contribuem decisivamente para a reconceptualização da categoria de sujeito presente na tradição da Modernidade, através da desestabilização operada pela emergência de uma subjectividade instável (mas) feminina.
Marinela Freitas