Joana Matos Frias conquista Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho da APE

ILCML

A investigadora do Instituto de Literatura Comparada, Joana Matos Frias, conquistou o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, com o livro “O Murmúrio das Imagens”, anunciou nesta quinta-feira a Associação Portuguesa de Escritores (APE).

O júri, composto pelos professores e ensaístas Cândido Oliveira Martins, Isabel Cristina Rodrigues e José Carlos Seabra Pereira, destaca “a solidez e clareza da fundamentação teórica aduzida sobre um tema tão complexo”, que é a relação multisecular entre a imagem e poesia.

“O Murmúrio das Imagens”, publicado em março, em dois volumes, pela editora Afrontamento, faz parte da colecção Estudos de Literatura Comparada. As obras constituem um “estudo que visa apresentar uma ponderada reconstituição teórica desse complexo vínculo entre Poesia e Imagem, com as tensões históricas e as contradições tipológicas que tal relação sempre suscitou: trata-se assim de uma abordagem na qual necessariamente se cruzam os domínios elementares da Retórica, da Poética e da Estética, com vista a uma reflexão transdisciplinar que não se escusa mesmo a uma certa indisciplinaridade”.

O Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, instituído pela APE, destina-se a galardoar, anualmente, uma obra de ensaio literário, escrita em português por um autor português, publicada em livro, em primeira edição.