Novos livros digitais: Cassiopeia #6 e #7

Cassiopeia-#6-e-#7
‘Ab Initio’. EJICOMP IICassiopeia-#6_EJICOMP-II_-capa

Ab initio, no início, a semente guarda a árvore em que se irá tornar.
No início, a árvore é invisível, indizível, impossível, mas é nesse momento que é mais importante cuidá-la.
É esse o momento em que o semeador lança a árvore à terra, mas não chegaram ainda os pássaros que a podem comer, ou as ervas que a impedirão de crescer. Ainda não há a temer o sol que a pode secar, ou os espinhos que a podem sufocar e já tudo depende de ser lançada à terra, de haver sobre ela um cuidado extremo.
Esta publicação é sem dúvida sobre isso: a importância de cuidar do que é por vezes ainda invisível, indizível, impossível, até no que à Literatura Comparada diz respeito.
[…]

Ab initio, no início, a semente é já o verbo, isto é, a palavra indistinta da ação. E porque a ação é, no seu limite, o reconhecimento de uma palavra, ou seja, uma representação de uma linguagem partilhada, este livro não pode senão almejar contribuir para nos tornarmos comummente conscientes da importância de pensar, falar, escrever, lendo o mundo na sua diversa unidade, condição sine qua non da amplitude de qualquer leitura que vise ser ou ter uma prática inclusiva.

Cassiopeia-#7_-Finitude-nas-artes_capa‘um dia destes tenho o dia inteiro para morrer’: a finitude nas artes
A presente publicação reúne textos originalmente apresentados na jornada “um dia inteiro para morrer completamente: a finitude nas artes” – decorrida na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em outubro de 2019 – e outros textos inéditos, produzidos já fora do âmbito do evento. Para preparar suas colaborações, os autores partiram de algumas noções centrais – morte, finitude, arte, artes –, a serem manejadas em absoluta liberdade. É portanto à singularidade das inclinações intelectuais e estéticas de seus colaboradores que este volume deve seu aspecto plural. Em dez ensaios, torna-se evidente o potencial conceptual e reflexivo dos termos que a publicação toma como base.